Os livros da Coleção

O LEÃO QUE PERDEU A JUBA

«Quando o Leão Cabeludo, certo dia, como que por magia, acorda sem a sua majestosa juba, todos os animais da selva se reúnem para o ajudar nesta sua importante demanda: recuperar a sua farta e gloriosa cabeleira. Mas no meio de inúmeras aventuras e desventuras, os animais descobrem algo verdadeiramente importante.
O leão que perdeu a juba é um pequeno-grande livro, cheio de cor e amor, que alia a literatura infantil ao yoga para crianças. Para que pais e filhos possam ver, ouvir, sentir e experimentar juntos um livro muito divertido e deveras original!» 

Características do livro

Nºde páginas: 32 
Formato do livro: 28cm x 19cm
Peso: 300gr.

Assim começa a história d' O leão que perdeu a juba...






Espreite aqui o vídeo de apresentação do livro:

                                                  

A LAGARTINHA QUE TINHA UM SONHO

«Berta tinha um sonho! Sonhava que um dia poderia saltar tão alto e rodopiar tão elegantemente como uma verdadeira bailarina. Por isso, todos os dias ela se empenhava mais e mais para conseguir realizar este seu desejo. Por entre sucessos e fracassos, o seu coração batia com tanta força e determinação que, pouco a pouco, sem que ela se apercebesse, os seus sonhos iam sendo transformados em realidade.
A lagartinha que tinha um sonho é um pequeno-grande livro, cheio de cor e amor, que alia a literatura infantil ao yoga para crianças. Para que pais e filhos possam ver, ouvir, sentir e experimentar, em conjunto, um livro muito divertido e deveras original!»

Características do livro
Nºde páginas: 32 
Formato do livro: 28cm x 19cm
Peso: 300gr.
A 2ª edição estará disponível a partir de 24 de Novembro de 2017!

Assim começa a história d' A lagartinha que tinha um sonho...





O CROCODILO QUE AFINAL ERA UM JACARÉ

«O jacaré Tomé era o mais recente habitante da lagoa que alagava o vale.
Tinha chegado há pouco tempo e ainda não conhecia ninguém por aquelas bandas.
Já tinha tentado fazer amigos por diversas vezes mas, sempre que abria a sua enorme boca para dizer "olá", fugiam todos num ápice. Ninguém se queria aproximar muito de um bicho assim tão assustador!
O crocodilo que afinal era um jacaré é um pequeno-grande livro, cheio de cor e amor, que alia a literatura infantil ao yoga para crianças. Para que pais e filhos possam ver, ouvir, sentir e experimentar, em conjunto, um livro muito divertido e deveras original!»

Características do livro
Nºde páginas: 32 
Formato do livro: 28cm x 19cm
Peso: 300gr.

Assim começa a história d' O crocodilo que afinal era um jacaré...






























A TARTARUGA MUITO APRESSADA

«Era uma vez uma tartaruga muito apressada. Apesar da pesada carapaça que transportava, a tartaruga andava sempre com as horas contadas! Acordava muito cedo pela manhã mas nem tempo tinha para se espreguiçar na cama. Levantava-se de um pulo e corria para a limpeza matinal: cara lavada e carapaça escovada numa pressa inusitada!
A tartaruga muito apressada é um pequeno-grande livro, cheio de cor e amor, que alia a literatura infantil ao yoga para crianças. Para que pais e filhos possam ver, ouvir, sentir e experimentar, em conjunto, um livro muito divertido e deveras original!»

Características do livro
Nºde páginas: 32 
Formato do livro: 28cm x 19cm
Peso: 300gr.
NOVO LIVRO disponível a partir de 24 de Novembro de 2017!

Assim começa a história d' A tartaruga muito apressada...



















A Autora: Cláudia Pinto Praça
Professora de Língua Portuguesa durante 12 anos, em 2012 aproveitou a oportunidade de mudar de vida e... mudou! Entre muitas outras coisas, frequentou uma formação de professores de Yoga para Crianças e o bichinho da escrita infantil, que até então estivera adormecido, acordou! Aos poucos, foi nascendo a ideia de criar um conto infantil em torno de um conjunto de posturas de yoga adaptadas aos mais pequenos. O resultado é a publicação do 1º livro de uma coleção que alia a literatura infantil ao yoga. O leão que perdeu a juba nasce assim de um sonho há muito adiado!

Quando escrevi a história d'O leão que perdeu a juba, eu queria, de facto, escrever uma história que fosse apelativa, divertida e que transmitisse valores. Porquê? Aqui vos deixo a resposta, que apesar de não ser minha, me assenta como uma luva! 
«(..) A criança tem uma linguagem própria e o yoga só pode ser praticado, se ensinado através de elementos lúdicos, mágicos e divertidos! Por isso o caminho só pode ser trilhado através das histórias, dos jogos, da arte e de tudo que ajude a mergulhar no imaginário infantil, abrindo espaços para o yoga, para a sintonia e para o bem estar. (...) Porém, o mais importante de tudo, é usar os valores que Patanjali chama de Yamas e Nyamas. Através das histórias e brincadeiras podemos transmitir esses conceitos de forma não dogmática e prazerosa. No nosso trabalho utilizamos muito as histórias pois elas, além de ajudarem a transmitir conhecimentos e valores, trazem um incontável número de outros benefícios. Uma personagem que age com não violência, verdade e auto esforço demonstrará na prática – muito além do racional e da fala – que essas atitules tornam qualquer ser especial.
Essa é uma forma de estimular essas verdades, que embora às vezes escondidas, estão presentes em cada um e de contribuir com um mundo mais equilibrados e feliz!» 



O ilustrador: Zeka Cintra
Conheça o trabalho do ilustrador aqui: http://www.flickr.com/photos/jkcintra-ilustracao
jkcintra@hotmail.com